nov 072019
 

This brief tutorial shows students and new users how to install LAMP + phpMyAdmin on Ubuntu 16.04 | 18.04 | 18.10 servers….

LAMP is an acronym for Linux (Ubuntu), Apache2 HTTP Server, MariaDB or MySQL Database Server and PHP Scripting Language… It is a group of open source software and building blocks of many of the web applications and majority of the content management systems (CMS) in use today…

phpMyAdmin is a web-based tool that allows you to interact with MariaDB databases, manage user accounts and privileges, execute SQL-statements, import and export data and much, much more.

If you’re going to be developing any PHP based applications or websites, then you’re probably going to be using the LAMP and phpMyAdmin allows you to easily manage your databases from your favorites web browsers…

This brief tutorial is going to show students and new users how to install Apache2, MariaDB, PHP with phpMyAdmin support on Ubuntu Linux 16.04 | 18.04 and 18.10 servers…

To get started with installing the LAMP Stack, follow the steps below:

Continue reading »

Instalar a ferramenta de administração de banco de dados PHPMyAdmin

 Apache2, CentOS 7 / RHEL 7, Clusterweb, ClusterWeb, Debian, Leitura Recomendada, Linux, Profissional de TI, Programação  Comentários desativados em Instalar a ferramenta de administração de banco de dados PHPMyAdmin
set 132019
 

Desde o Debian 10, o PHPMyAdmin não está mais disponível como pacote .deb. Portanto, vamos instalá-lo a partir da fonte.

Crie pastas para o PHPMyadmin:

mkdir /usr/share/phpmyadmin
mkdir /etc/phpmyadmin
mkdir -p /var/lib/phpmyadmin/tmp
chown -R www-data:www-data /var/lib/phpmyadmin
touch /etc/phpmyadmin/htpasswd.setup

Continue reading »

set 032019
 

PHP 7 foi lançado dezembro passado. Após testar o código localmente, é hora de atualizar o servidor de produção. Geralmente, a maioria dos sites funcionam bem nele.

Contudo, suspeitamos que não muitos sites atualizaram. É mais seguro e fácil continuar em versões anteriores. Na verdade, uma pesquisa de sites WordPress mostrou que alguns tem:

“Até Novembro de 2016, 53.9% dos sites WordPress rodam versões PHP menores que 5.5 Apenas, 3.4% dos sites rodam PHP 7, a versão atual do PHP.” via PHP Compatibility Checker.

Mas PHP 7 já está aí há quase um ano.

Nesse episódio, mostraremos uma abordagem para atualizar para PHP 7 no Ubuntu 14.x e resolver problemas com PHPMyAdmin, que muitos vanguardistas enfrentaram.

Por hora, se usamos WordPress, devemos instalar o plugin PHP Compatibility Checker para garantir que não encontraremos problemas inesperados com nossos Plugins.

Sempre gostamos de suas ideias e comentários. Se tiverem perguntas ou sugestões de tópicos, por favor, publique seus pensamentos na seção de comentários.

Continue reading »

cPanel Logs Access, Apache, Email, Error, FTP, MySQL, WHM

 Apache2, Banco de Dados, Clusterweb, ClusterWeb, Debian, Hospedagem, Leitura Recomendada, Linux, Profissional de TI  Comentários desativados em cPanel Logs Access, Apache, Email, Error, FTP, MySQL, WHM
ago 272019
 

cPanel logs

Access logs and user actions /usr/local/cpanel/logs/access_log
Account transfers and misc. logs /var/cpanel/logs
Auditing log (account creations, deletions, etc) /var/cpanel/accounting.log
Backup logs /usr/local/cpanel/logs/cpbackup
Brute force protection (cphulkd) log /usr/local/cpanel/logs/cphulkd.log
Cpanel dnsadmin dns clustering daemon /usr/local/cpanel/logs/dnsadmin_log
Cpanel taskqueue processing daemon /usr/local/cpanel/logs/queueprocd.log
DBmapping /usr/local/cpanel/logs/setupdbmap_log
EasyApache build logs /usr/local/cpanel/logs/easy/apache/
Error log /usr/local/cpanel/logs/error_log
Installation log /var/log/cpanel
License updates and errors /usr/local/cpanel/logs/license_log
Locale database modifications /usr/local/cpanel/logs/build_locale_database_log
Login errors (CPSRVD) /usr/local/cpanel/logs/login_log
Horde /var/cpanel/horde/log/
RoundCube /var/cpanel/roundcube/log/
SquirrelMail /var/cpanel/squirrelmail/
Panic log /usr/local/cpanel/logs/panic_log
Per account bandwidth history (Cached) /var/cpanel/bandwidth.cache/{USERNAME}
Per account bandwidth history (Human Readable) /var/cpanel/bandwidth/{USERNAME}
Service status logs /var/log/chkservd.log
Tailwatch driver tailwatchd log /usr/local/cpanel/logs/tailwatch_log
Update analysis reporting /usr/local/cpanel/logs/updated_analysis/{TIMESTAMP}.log
Update (UPCP) log /var/cpanel/updatelogs/updated.{TIMESTAMP}.log
WebDisk (CPDAVD) /usr/local/cpanel/logs/cpdavd_error_log
Website statistics log /usr/local/cpanel/logs/stats_log

Continue reading »

jul 172019
 

Introduction

Proxmox VE 6.x introduces several new major features. Carefully plan the upgrade, make and verify backups before beginning, and test extensively. Depending on the existing configuration, several manual steps—including some downtime—may be required.

Note: A valid and tested backup is always needed before starting the upgrade process. Test the backup beforehand in a test lab setup.

In case the system is customized and/or uses additional packages (for example GlusterFS) or any other third party repositories/packages, ensure those packages are also upgraded to and compatible with Debian Buster.

In general, there are two ways to upgrade a Proxmox VE 5.x system to Proxmox VE 6.x:

  • A new installation on a new hardware (and restoring VMs from the backup)
  • An in-place upgrade via apt (step-by-step)

In both cases emptying the browser cache and reloading the GUI page is required after the upgrade.

Continue reading »

jul 162019
 

Introdução

O Proxmox VE 6.x introduz vários novos recursos principais. Planeje cuidadosamente a atualização, faça e verifique os backups antes de começar, e teste extensivamente. Dependendo da configuração existente, várias etapas manuais, incluindo algum tempo de inatividade, podem ser necessárias.

Nota: Um backup válido e testado é sempre necessário antes de iniciar o processo de atualização. Teste o backup antecipadamente em uma configuração de laboratório de teste.

Caso o sistema seja personalizado e / ou use pacotes adicionais (por exemplo, GlusterFS) ou quaisquer outros repositórios / pacotes de terceiros, assegure-se de que esses pacotes também sejam atualizados e compatíveis com o Debian Buster.

Em geral, existem duas maneiras de atualizar um sistema Proxmox VE 5.x para o Proxmox VE 6.x:

  • Uma nova instalação em um novo hardware (e restauração de VMs do backup)
  • Uma atualização in-loco via apt (passo-a-passo)

Em ambos os casos, é necessário esvaziar o cache do navegador e recarregar a página da GUI após a atualização.

Continue reading »

abr 242019
 

Resumo

A alta disponibilidade compõe-se por uma arquitectura de dois ou mais computadores configurados para que possam trabalhar em conjunto. Desta forma, cada computador monitoriza os demais e em caso de falha assume os serviços que ficaram indisponíveis. Neste projecto são abordadas questões relativamente a hardware e software, privilegiando as soluções de alta disponibilidade baseadas em software. No mercado existem várias soluções para alcançar esse objectivo, mas o elevado custo de implementação e licenciamento impede a adopção desses sistemas por empresas economicamente limitadas. Para contornar essa limitação, foi utilizado software Open Source que permite a implementação de alta disponibilidade a baixo custo. Neste projecto é abordada a alta disponibilidade em servidores Web, recorrendo a software de código aberto e hardware vulgar. No capítulo direccionado aos conceitos básicos são apresentados alguns conceitos necessários para a compreensão do projecto, de seguida são explicados os diferentes tipos de cluster e respectivas vantagens de implementação, posteriormente os pontos de falha existentes nos sistemas computacionais bem como possíveis soluções. Finalmente é apresentada uma solução que garante alta disponibilidade através da utilização dos softwares Heartbeat, Keepalived, Haproxy, Apache, Mysql, GlusterFS e do módulo Bonding. Embora o objectivo deste projecto seja direccionado para os servidores Web, é possível recorrer aos mesmos mecanismos na implementação de outras soluções que exijam alta disponibilidade.

 

Continue reading »

abr 022019
 

Objetivo

 

Aqui falaremos rapidamente sobre os procedimentos que utilizamos para instalar o Proxmox. Antes de iniciar esse procedimento, recomendamos uma lida em nosso artigo (neste link, ou nas referências abaixo) comparando algumas soluções antispam, para lhe ajudar a decidir se esta solução é a melhor para seu caso.

Passos/Condutas

 

Lembre-se de alterar as partes em cinza para o padrão de sua empresa.

  • Preparar o Ambiente (Servidores):

Antes de iniciar, obtenha a ISO mais atual do Proxmox Mail Gateway no site da proxmox. É importante que o nome DNS esteja funcionando corretamente (neste exemplo os endereços serão quarentena.suaempresa.com.brmail.suaempresa.com.br e mail2.suaempresa.com.br)

Para a montagem do ambiente é importante demonstrar os pré-requisitos necessários para a instalação do, utilizamos a configuração padrão de servidores:

 

Ambiente/Função Nó1 Nó2 Nó3
Nome no HOST DMZ-041-MS DMZ-042-MS DMZ-043-MS
Nome de REDE quarentena.suaempresa.com.br mail2.suaempresa.com.br mail.suaempresa.com.br
Endereço SEU_IP_1 SEU_IP_2 SEU_IP_3
Função Quarentena de e-mail para usuários Filtro de mensagens Filtro de mensagens
Size 4GB de RAM
100GB de Disco
8GB de RAM
30GB de Disco
8GB de RAM
30GB de Disco

 

Continue reading »

fev 252019
 

O que é hospedagem de site é um questionamento bastante recorrente para quem quer começar um blog, um site ou uma loja virtual na internet.

Afinal, para você se estabelecer na rede com um projeto online, você precisa deste tipo de serviço para ter uma página permanente na internet. Assim, se você se encaixa em qualquer um destes perfis, saiba que você está no lugar certo.

Mas o que é hospedagem de site? Hospedagem de site é um serviço online que permite a publicação de um site ou aplicação na internet. Quando você adquire uma hospedagem, basicamente você está alugando um espaço dentro de um servidor.

Nele ficam armazenados todos os arquivos e dados necessários para o bom funcionamento do site.

Um servidor é um computador físico que nunca é desligado para que seu site ou aplicação esteja sempre online.

Seu provedor de hospedagem é responsável por manter o site no ar e funcionando, proteger de ataques maliciosos e transferir seu conteúdo (texto, imagens, arquivos) do servidor até o navegador do visitante.

Continue reading »

fev 112019
 

On some of our development servers, we run many instances of the Apache httpd web server on the same system. By “many”, I mean 30 or more separate Apache instances, each with its own configuration file and child processes. This is not unusual on DevCamps setups with many developers working on many projects on the same server at the same time, each project having a complete software stack nearly identical to production.

On Red Hat Enterprise Linux 5, with somewhere in the range of 30 to 40 Apache instances on a server, you can run into failures at startup time with this error or another similar one in the error log:

[error] (28)No space left on device: Cannot create SSLMutex

The exact error will depend on what Apache modules you are running. The “space left on device” error does not mean you’ve run out of disk space or free inodes on your filesystem, but that you have run out of SysV IPC semaphores.

You can see what your limits are like this:

# cat /proc/sys/kernel/sem
250 32000 32 128

I typically double those limits by adding this line to /etc/sysctl.conf:

kernel.sem = 500 64000 64 256

That makes sure you’ll get the change at the next boot. To make the change take immediate effect:

# sysctl -p

With those limits I’ve run 100 Apache instances on the same server.

Apache: No space left on device: Couldn’t create accept lock

 Apache2, Clusterweb, ClusterWeb, Debian, Hospedagem, Leitura Recomendada, Linux, Profissional de TI, Ubuntu  Comentários desativados em Apache: No space left on device: Couldn’t create accept lock
fev 112019
 

The service “httpd” appears to be down.

OK just to give an update on this thread, so hopefully it helps someone else in the future.

Apologies in advance to any Level 18 Fire Breathing +5 SysAdmins; this is noob stuff :)

The cPanel team examined my server and determined that Apache had ran out of Semaphores.

Each time HTTPD crashed it didn’t release the semaphores and eventually my server ran out (I had 128). The cPanel team kindly cleared down the “locked” semaphores as follows:

Continue reading »