Como instalar o DbGate, um Administrador de banco de dados, no Ubuntu, Linux Mint, Fedora, Debian

 Backup, Banco de Dados, CentOS 7 / RHEL 7, Clusterweb, ClusterWeb, Debian, Leitura Recomendada, Linux, Profissional de TI, Programação, Redes, Segurança  Comentários desativados em Como instalar o DbGate, um Administrador de banco de dados, no Ubuntu, Linux Mint, Fedora, Debian
jul 172021
 

Ferramenta de administração de banco de dados de código aberto

O DbGate é uma ferramenta de administração de banco de dados. Uma ferramenta moderna de manipulação de dados de plataforma cruzada para Microsoft SQL Server, PostgreSQL, MySQL e MongoDB. Neste tutorial, saiba como instalar o administrador de banco de dados DbGate no Linux.

Continue reading »

Migrating opensource Zimbra 8.6.0 on Centos 6.8 to Zimbra 8.7.1 on Centos 7 safely and with no downtime

 Backup, CentOS 7 / RHEL 7, Clusterweb, ClusterWeb, Hospedagem, Leitura Recomendada, Linux, Profissional de TI, Programação, Redes, Servidor de E-mail, Zimbra  Comentários desativados em Migrating opensource Zimbra 8.6.0 on Centos 6.8 to Zimbra 8.7.1 on Centos 7 safely and with no downtime
dez 032020
 

A bit of history for the context

After running a Zimbra mail server in a 500Gb Virtual Machine, for about 4 years, the server started feeling a bit crowded and with  #df -h reporting less than 50Gb of space left, it was time to move to a larger machine.

The version I was (and still am) running is the open source version, there are no migration tools available as part of the package, although you can find plenty of tutorials on the web forums about how to rsync stuff between the old and the new server. I was not comfortable with that. For starters, there would be down time involved, but apart from that I would have to rsync between two identical servers, meaning that the new server would still need to be zimbra 8.6 and running on an identical Centos 6 machine.

There was also the fact that some time ago, the server did a very bad shutdown (due to a power failure), and the database had been corrupted, and every so often a problem or two would crop up in the logs. This became very evident when an upgrade to 8.7.1 failed miserably, and the only thing that saved the day was the backup from the previous night ! I was afraid that most likely, an rsync migration would also transfer the problematic data, and that it would be back to haunt me down the road.

Since I was going to have to go through all the aches and  pains of  a server migration  I wanted to end up not only with more space,  but also to move to a newer O.S., and a newer release, so rsync was out of the question.

Continue reading »

nov 092020
 

Do you want to compress or decompress (zip/unzip/rar/unrar) files on Google Drive, Then watch this video until the end!

To do this, I’m using Google Colab.

out 262020
 

Nesse tutorial ensino a como fazer um script para backup incremental usando o Robocopy. Você vai aprender também como deixar o backup totalmente automático, usando o agendador de tarefas. E para finalizar vamos configurar o Gdrive para manter seus backups seguros na nuvem. Espero conseguir ajudar vocês com seus backups, mantendo seus arquivos acessíveis e seguros.

jul 052020
 

A mágica do GNU/Linux muitas vezes acontece sem que você tenha sequer uma interface gráfica para uso amigável, porém, o shell (ou o terminal) também tem suas malícias para agilizar o seu trabalho.

Você pode trabalhar com várias aplicações ao mesmo tempo sem ter que terminar o que estava fazendo para iniciar uma nova tarefa, isso graças aos comandos “jobs”, “fg” e “bg”. “Jobs” significa “Trabalhos” e serve para exibir tudo o que você está fazendo no shell do GNU/Linux mas que está em segundo plano. Claro, você precisa mandar as tarefas para segundo plano para poder utilizar o comando “jobs”.

“fg” (foreground) serve para trazer as tarefas que estão em segundo plano para o primeiro plano, assim você pode continuar fazendo o que estava fazendo anteriormente.

Já a última opção, “bg” (background) serve para continuar executando tarefas em segundo plano, para que o shell fique livre e você possa executar outras tarefas sem interromper a tarefa anterior.

Vamos ver alguns exemplos práticos para que você entenda melhor.

Continue reading »

jun 182020
 

INTRODUÇÃO

O objetivo de um mecanismo de replicação de dados é permitir a manutenção de várias cópias idênticas de um ­­­­mesmo dado em vários servidores de bancos de dados (SGBD). Os principais benefícios da replicação de dados são a redundância, o que torna o sistema tolerante a falhas, a possibilidade de um balanceamento de carga do sistema, já que o acesso pode ser distribuído entre as réplicas, e finalmente, ter-ser o backup online dos dados, já que todas as replicas estariam sincronizadas. Este artigo, apresenta uma introdução ao mecanismo de replicação do MySQL, bem como as configurações básicas para realização desta tarefa.

VISÃO GERAL DA REPLICAÇÃO

O MySQL permite um tipo de replicação conhecido como Master-Slave, onde temos um servidor atuando como master e um ou mais servidores atuando como slave. O master grava em um log binário de alteração todos os comandos de atualizações da base de dados. Desta forma, todas as alterações ocorridas no master são imediatamente replicadas para os outros servidores slave.

A replicação no mysql é principalmente compatível com a anterior, isto é, um servidor mais novo pode normalmente ser um escravo de um servidor mais velho sem nenhum problema. Porém, versões mais antigas dos servidores são, freqüentemente, incapazes de servir como slaves de versões mais novas, pois eles não podem entender novas características ou a sintaxe SQL que o servidor mais novo utiliza, e pode haver diferenças no formato dos arquivos que a replicação usa, por exemplo, você não pode replicar de um master MySQL 5.0 para um slave MySQL 4.0.

Continue reading »

FreeNAS – Como implantar um certificado SSL

 Clusterweb, FreeNAS, Leitura Recomendada, Linux, Profissional de TI, Programação, Redes, Segurança, SSL  Comentários desativados em FreeNAS – Como implantar um certificado SSL
abr 122020
 

Uma das coisas mais importantes nesse tipo de caso é ter segurança quando ativamos os serviços de compartilhamento de espaço, seja FTP, armazenamento de objetos etc. É por isso que hoje, vamos ver como implantar um certificado SSL Let’s Encrypt sobre o FreeNAS 11.x.

Conexão SSH ao nosso FreeNAS 11.x

O primeiro passo será poder acessar nosso FreeNAS via SSH, para isso iremos para a parte de serviços e, no SSH, clicaremos em Ações para editar as opções:

Continue reading »

Instalar a ferramenta de administração de banco de dados PHPMyAdmin

 Apache2, CentOS 7 / RHEL 7, Clusterweb, ClusterWeb, Debian, Leitura Recomendada, Linux, Profissional de TI, Programação  Comentários desativados em Instalar a ferramenta de administração de banco de dados PHPMyAdmin
set 132019
 

Desde o Debian 10, o PHPMyAdmin não está mais disponível como pacote .deb. Portanto, vamos instalá-lo a partir da fonte.

Crie pastas para o PHPMyadmin:

mkdir /usr/share/phpmyadmin
mkdir /etc/phpmyadmin
mkdir -p /var/lib/phpmyadmin/tmp
chown -R www-data:www-data /var/lib/phpmyadmin
touch /etc/phpmyadmin/htpasswd.setup

Continue reading »

jul 202019
 

Se você possui contas Google Drive, Dropbox, OneDrive e outras opções, veja como fazer para usar vários serviços de armazenamento na nuvem com RcloneBrowser no Ubuntu, Arch Linux e derivados.

 

Use vários serviços de armazenamento na nuvem com RcloneBrowser

Continue reading »

jul 162019
 

Introdução

O Proxmox VE 6.x introduz vários novos recursos principais. Planeje cuidadosamente a atualização, faça e verifique os backups antes de começar, e teste extensivamente. Dependendo da configuração existente, várias etapas manuais, incluindo algum tempo de inatividade, podem ser necessárias.

Nota: Um backup válido e testado é sempre necessário antes de iniciar o processo de atualização. Teste o backup antecipadamente em uma configuração de laboratório de teste.

Caso o sistema seja personalizado e / ou use pacotes adicionais (por exemplo, GlusterFS) ou quaisquer outros repositórios / pacotes de terceiros, assegure-se de que esses pacotes também sejam atualizados e compatíveis com o Debian Buster.

Em geral, existem duas maneiras de atualizar um sistema Proxmox VE 5.x para o Proxmox VE 6.x:

  • Uma nova instalação em um novo hardware (e restauração de VMs do backup)
  • Uma atualização in-loco via apt (passo-a-passo)

Em ambos os casos, é necessário esvaziar o cache do navegador e recarregar a página da GUI após a atualização.

Continue reading »