BITMAP DISK CACHE FAILURE: Your disk is full or the cache directory is missing or corrupted

 Clusterweb  Comentários desativados em BITMAP DISK CACHE FAILURE: Your disk is full or the cache directory is missing or corrupted
jul 072019
 

When you use Remote Desktop Connections you may see the following error:

rdp-bitmap-disk-cache-failure

BITMAP DISK CACHE FAILURE: Your disk is full or the cache directory is missing or corrupted.  Some bitmaps may not appear.

You then have three real options:

  1. Do nothing.  Your RDP session will function brdp-how-to-disable-bitmap-cachingut will “lock up” from time to time, which is annoying
  2. Disable Caching – Open your Remote Desktop Client, click OPTIONS, then EXPERIENCE, uncheck PERSISTANT BITMAP CACHING.  See the image to the right
  3. Clear your cache.  This is very easy to do:
    1. log out of ALL RDP sessions
    2. C:\Users\<username>\AppData\Local\Microsoft\Terminal Server Client\Cache
    3. Delete everything in that folder

DNS Robusto e fácil com PowerDNS e MySQL

 Clusterweb  Comentários desativados em DNS Robusto e fácil com PowerDNS e MySQL
nov 232014
 

O PowerDNS é um dos muitos softwares de DNS, ele é muito poderoso, pode fazer milhares de resoluções por segundo, e o que mais me chamou atenção, pode-se comunicar com vários backends, includindo MySQL, PostgreSQL, LDAP, Oracle e outros.

Para se ter uma idéia, existem grandes implementações feitas com ele, incluindo register.com e tucows.com, e, segundo o site oficial, existem aproximadamente 4000 servidores em serviços secundários ativos na internet, que servem aproximadamente 10 milhões de zonas e um imenso núumero de domínios. Testes no primeiro nível do domínios .EU demonstraram que o PowerDNs pode prover 50.000 resoluções por segundo num único servidor, com um hardware simples. No GOOGLE encontrei relatos de testes feitos inclusive pelo registro.br para utilização do mesmo.

A única desvantagem evidente é que o PowerDNS ainda não prevê uma implementação completa do DNSSEC. (O que pra muitos é irrelevante, visto que poucos são aqueles que implementaram DNSSEC em seus servidores) Continue reading »