COMO INSTALAR MICROSOFT SQL SERVER NO OPENSUSE LINUX

 Clusterweb, ClusterWeb, Debian, Leitura Recomendada, Linux, Profissional de TI  Comentários desativados em COMO INSTALAR MICROSOFT SQL SERVER NO OPENSUSE LINUX
fev 222017
 

INTRODUÇÃO

Autor: Alessandro de Oliveira Faria (A.K.A. CABELO) <cabelo at opensuse.org>
Data: 06/02/2017

MS SQL Server voltando as origens (*NIX), pois foi criado em parceria com SYBASE. Até a versão 4.X (se não me engano), os dois banco de dados era praticamente idênticos. Utilizei muito o SYBASE no Conectiva Linux em 1998.

Agora o MS SQL está voltando ao ambiente Linux, baseado no SQL Server 2016, o pacote SQL Server for Linux proporciona todos os recursos para criar e desenvolver em uma única plataforma Linux produtos de acesso em banco de dados, além do gerenciamento de dados e análise de negócios.

Satya Nadella, o CEO da Microsoft assumiu prover uma maior abertura ao GNU/Linux, e assim está acontecendo. Pois o produto SQL Server, uma das peças mais populares de software na estante Microsoft, foi disponibilizado para Linux, e veremos neste artigo como utilizá-lo.

Paula Bellizia e Alessandro Faria (Cabelo)

O SQL Server for Linux apresenta todas as principais características que os usuários esperam deste produto. Depois de tornar open source o framework .NET para levá-lo ao Linux e OS X, além de ter criado uma fundação para promover software de código aberto, acredito que a decisão de disponibilizar este banco de dados no ambiente GNU/Linux é um marco. Muitas máquinas poderão sair da ilegalidade com o Windows Server e utilizar a plataforma Linux junto ao servidor MSSQL.

Continue reading »

AMBIENTE DE DESENVOLVIMENTO PARA ANDROID

 Android, Banco de Dados, Clusterweb, ClusterWeb, Debian, Leitura Recomendada, Linux  Comentários desativados em AMBIENTE DE DESENVOLVIMENTO PARA ANDROID
fev 222017
 

INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO

 

Vamos começar removendo qualquer outra versão do Java para iniciar uma instalação limpa:

sudo apt-get purge java* openjdk*

Agora, baixe a versão mais atual do JDK aqui:

Depois extraia o arquivo baixado com o comando:

tar xzf jdk-8u111-linux-x64.tar.gz

Agora, remova o arquivo compactado e mova a pasta obtida para o diretório /opt:

rm jdk-8u111-linux-x64.tar.gz && sudo mv jdk1.8.0_111 /opt
Continue reading »

Clusterweb – Internet DataCenter

 Clusterweb, ClusterWeb, Hospedagem, Leitura Recomendada, Profissional de TI, Redes, Segurança  Comentários desativados em Clusterweb – Internet DataCenter
fev 012017
 

Procurando servidores virtuais e dedicados que vise atender a sua demanda? Nós possuímos servidores que atendem a sua necessidade.
Todos com direito a IPV6, pois a Clusterweb apoia essa idéia. Estamos com Servidores de TeamSpeak 3.
Saiba mais em www.clusterweb.com.br

Venha conhecer nossa sala no TeamSpeak 3, entre agora:
Host: ts.clusterweb.com.br

Se você está tendo problemas com sua hospedagem, traga seu site para a Clusterweb!
Garantimos que seu site fique no ar 24hs por dia, 7 dias por semana, todos os dias do ano!
Damos suporte a qualquer hora que precisar!

Procurando servidores virtuais e dedicados que vise atender a sua demanda? Nós possuímos servidores que atendem a sua necessidade. Todos com direito a IPV6, pois a Clusterweb apoia essa idéia.

 

SEGURANÇA DE WEB APIS DISTRIBUÍDAS

 Apache2, Clusterweb, ClusterWeb, Hospedagem, Leitura Recomendada, Linux, Profissional de TI, Segurança, Ubuntu  Comentários desativados em SEGURANÇA DE WEB APIS DISTRIBUÍDAS
jan 292017
 

RESUMO

 

Artigo faz parte da disciplina de “Segurança de Sistemas”, do professor Elgio Schlemer.

Neste artigo são descritas as formas de autenticação e autorização de REST apis distribuídas, os motivos que aumentam a complexidade de desenvolvimento dessas futures em web services escalonados e as soluções baseadas nas melhores práticas em relação à essas arquiteturas.

Também é abordado a importância da criação de sistemas seguros, evidências que demonstram como esse problema impacta desde pequenas startups até grandes empresas, a gravidade da ciência do nível de criticidade e risco em relação aos softwares desenvolvidos e a importância de expor apenas recursos que sejam realmente necessários.

Serão mencionados também os perigos relacionados aos ataques de Man-in-the-middle, negação de serviço, SQL inject, JSON inject e os métodos utilizados para combatê-los.

INTRODUÇÃO

Informações sigilosas são expostas diariamente e esse problema não atinge apenas jovens startups que não tem o devido investimento na área, com frequência surgem notícias de grandes empresas que são hackeadas e acabam vazando dados indesejados. Somente neste ano, o Yahoo! afirmou que quinhentos milhões de contas foram hackeadas. No Dropbox foram mais de sessenta milhões e a Anatel teve seu banco de dados invadido. Inclusive grandes organizações como NASA e ESA não ficam fora dessa lista.

Softwares com suas arquiteturas baseados em micro serviços, orquestração e coreografias são termos cada vez mais citados na comunidade de desenvolvimento web. E todas as abordagens tem uma característica em comum: REST APIs. Elas estão por toda a parte.

Com o crescimento exponencial de estratégias digitais em mobilidade, cloud computing, mídias sociais e dispositivos inteligentes da Internet das Coisas, empresas de todos os tamanhos e setores estão desenvolvendo e expondo seus Web Services. Mas como sempre no mundo da computação, nem tudo são flores: junto com várias vantagens relacionadas à utilização de APIs distribuídas, também existem grandes problemas a serem resolvidos, e uma das maiores dificuldades é a segurança desses sistemas.

nov 022015
 

CONCEITOS GERAIS

 

NOTA: Esse artigo é uma tradução livre (com notas do tradutor) da documentação disponível emhttp://wiki.xenproject.org/wiki/Xen_Overview.

Um hypervisor é um software de computador, um firmware ou hardware sobre o qual é possível criar e executar máquinas virtuais. O hypervisor também é conhecido como VMM – Monitor de Máquinas Virtuais (em inglês). A máquina real onde o hypervisor é executado é chamada de máquina hospedeira (host); as máquinas virtualizadas são chamadas de visitantes (guest). De acordo com [1], hypervisores são classificados em:

Tipo-1 – Nativo ou “Bare Metal”, são os hypervisores que executam diretamente sobre o hardware, assumindo diretamente seu controle e gerenciando os sistemas operacionais visitantes. Um visitante é executado como um processo do hospedeiro.

Tipo-2 – Hypervisores hospedados (hosted) são hypervisores que executam sobre um sistema operacional e são executados como uma aplicação do espaço usuário. O tipo-2 cria uma abstração sobre o sistema operacional do hospedeiro que permite compartilhar recursos de hardware. São exemplos de hypervisores do tipo-2: Virtualbox e VMWare Workstation.

Atualmente, essas duas tecnologias se confundem em ambientes que não são totalmente claros: como o KVM – Kernel-based Virtual Machine – e o FreeBSD bhyve que são módulos do kernel que efetivamente convertem sistemas do tipo-2 em sistemas do tipo-1.
Continue reading »

maio 262015
 

Assine agora um plano de hospedagem ou cloud em um servidor com baixa latência e ótima infra-estrutura.

Segurança Controle

Aqui seu servidor ficará seguro, com proteção contra incêndios, ambiente climatizado, firewall a nível de rede, backups e replicações em servidores externos e muito mais… Aqui você não se preocupa com nada, nós fizemos isso para você…

99.99% Uptime

Baseado em nossa redundância de link, por possuirmos ambiente climatizado e geradores de energia elétrica, podemos garantir que seu servidor ou hospedagem ficará 99%* do tempo de contrato online…

Suporte Prêmio

Nossa empresa simplesmente não para! Temos equipe trabalhando 24H, Desde nossa equipe local até agentes tercerizados, sempre garantindo a melhor qualidade de serviço e zelando pelo nosso UPTIME… Venha ser nosso cliente…Publicidade - ClusterWeb

 

Clusterweb® – Internet Data Center.

 ClusterWeb  Comentários desativados em Clusterweb® – Internet Data Center.
jan 022012
 

O Blog da Clusterweb® – Internet Data Center tem como objetivo principal divulgar assuntos relacionados ao sistema Gnu/Linux e administração de redes, e outros sistemas operacionais.
No site teremos assuntos, scripts e facilidades para erros comuns e incomuns ocorridos no dia a dia de um administrador de redes.
Artigos coletados nas diversas buscas na internet em buscas de conhecimento ou de soluções para problemas já passados por todos.
Agradecemos a todos a contribuição, pois não há nenhum tipo de lucro, a ideia aqui é deixar um amplo acervo de soluções.
Caso queira participar seja bem-vindo, faça seu cadastro e comece agora a interagir com a nossa equipe.
Convidamos todos a fazer parte da nossa comunidade.

 



Seja bem-vindo a Clusterweb® – Internet Data Center.