Como alterar o Hostname no Ubuntu

 Clusterweb, ClusterWeb, Linux, Ubuntu  Comentários desativados em Como alterar o Hostname no Ubuntu
fev 072019
 

Como posso mudar o hostname no Ubuntu ou Ubuntu Server usando a linha de comando?

Neste tutorial vamos mostrar um exemplo para modificar o nome do host (hostname) do seu ubuntu:

Como ver o hostname atual do seu Ubuntu:

hostname

Alterando o hostname temporariamente:

hostname meu-novo-hostname

Continue reading »

CRIAR UM SERVIDOR TEAMSPEAK NO UBUNTU SERVER

 CentOS 7 / RHEL 7, Clusterweb, ClusterWeb, Debian, Linux, Programação, Redes, Segurança, Shell Script, Ubuntu  Comentários desativados em CRIAR UM SERVIDOR TEAMSPEAK NO UBUNTU SERVER
nov 242017
 

Comece executando esses comandos no seu servidor Ubuntu. Esses comandos receberão automaticamente a última atualização para o seu servidor.

 sudo apt-get update && apt-get upgrade -y

O Ubuntu deve incluir os binários nano, wget, perl e bzip2, mas se eles não estiverem incluídos, você precisará instalar os pacotes necessários.

 sudo apt-get install nano wget tar perl bzip2

Em primeiro lugar, criaremos um usuário dedicado que será usado para executar o software do servidor TeamSpeak. Isso é importante do ponto de vista da segurança; executar programas daemon como root pode ser perigoso. Criar um novo usuário nos permitirá executar o TeamSpeak com privilégios limitados. Isso é feito executando o o comando:

 sudo adduser –disabled-login teamspeak

Você pode deixar os campos de informações vazios e validar as informações no final pressionando Y ou simplesmente pressionando enter. É necessário que você valide as informações ao criar o novo usuário.
Continue reading »

set 032017
 

Como instalar o Magento.

Das diversas aplicações que você pode instalar em um Cloud, o e-commerce é aquela que mais combina com a escalabilidade e alta disponibilidade que a solução Cloud oferece.

Neste tutorial, vamos instalar o Magento (http://www.magentocommerce.com/download) com Ubuntu.

Vamos começar:

Entre via ssh no seu servidor por um terminal, como o nativo do Mac ou o Putty(Windows), utilizando o IP, login root e senha que está no seu painel.

ssh root@IP_DO_SERVIDOR

Continue reading »

REDUZINDO PROBLEMAS DE ATUALIZAÇÕES NO DEBIAN, UBUNTU E DERIVADOS

 Backup, Banco de Dados, Clusterweb, ClusterWeb, Debian, Desktop, Leitura Recomendada, Linux, Profissional de TI, Redes, Segurança, Ubuntu  Comentários desativados em REDUZINDO PROBLEMAS DE ATUALIZAÇÕES NO DEBIAN, UBUNTU E DERIVADOS
jul 312015
 

ONDE E PORQUE UTILIZAR ESSA ALTERAÇÃO

 

No longínquo ano de 2012 fiz uma configuração para o apt-get que reduzia bastante a quebra de pacotes na atualização de sistemas que usam empacotamento .deb, você pode conferir aqui:

Para facilitar a compreensão dos que não estão habituados aos nomes utilizados, sabe quando você instala um programa, ou vai atualizar o sistema e o instalador para antes do fim e então você às vezes não consegue mais instalar ou remover nada? É justamente uma solução para isso que proponho nesse artigo.

Se você tem curiosidade para saber o que as alterações fazem, continue lendo o artigo, se deseja apenas instalar essa melhoria em seu sistema, ao final do artigo está o link para download e instalação.

Explicação sobre porquê e onde utilizar a modificação:

Talvez o que mais me incomode nas distribuições como um todo seja o processo de atualização, que tende a ocasionalmente quebrar o sistema, utilizo diariamente distribuições que utilizam pacotes .deb há mais de 10 anos e observei que o gerenciador de pacotes considera como pacote quebrado uma séria de pequenas falhas na execução de scripts de pós-instalação, o que na verdade em nada interferem no uso do sistema. Porém, ao considerar que o pacote está quebrado ficamos com todo o gerenciador de pacotes comprometido, até que seja dada uma solução para esse determinado pacote.

Como instalar Cinnamon 2.6 no Ubuntu 14.04 e 15.04

 Clusterweb, ClusterWeb, Debian, Desktop, Leitura Recomendada, Linux, Midia, Profissional de TI, Ubuntu  Comentários desativados em Como instalar Cinnamon 2.6 no Ubuntu 14.04 e 15.04
jul 152015
 

O Cinnamon 2.6 traz algumas mudanças importantes, como a melhoria do suporte a multiplos (com multi-painel), configurações do sistema redesenhado e reorganizado, um gerenciador de plugins para Nemo, bem como várias outras mudanças que devem trazer melhor capacidade de resposta, tempos de e uso da .

Agora, os painéis podem agora ser adicionados, removidos e configurados individualmente (não há mais um painel predefinido de layouts) e você pode colocá-los em qualquer . Você pode até mesmo copiar as configurações de um painel ou mover um painel em um local diferente.
cinnamon26-individual-panel-settings

Continue reading »

jun 112015
 

  1. sudo apt-get update
  2. ———————————————————————–
  3. sudo apt-get install apache2
  4. ———————————————————————–
  5. sudo adduser –disabled-password –system –home /var/lib/deluge –gecos “SamRo Deluge server” –group deluge
  6. ———————————————————————–
  7. sudo touch /var/log/deluged.log
  8. ———————————————————————–
  9. sudo touch /var/log/deluge-web.log
  10. ———————————————————————–
  11. sudo chown deluge:deluge /var/log/deluge*
  12. ———————————————————————–
  13. sudo apt-get update
  14. ———————————————————————–
  15. sudo apt-get install deluged
  16. ———————————————————————–
  17. sudo apt-get install deluge-webui
  18. ———————————————————————–
  19. sudo nano /etc/default/deluge-daemon
  20. ———————————————————————–
  21. # Configuration for /etc/init.d/deluge-daemon
  22. # The init.d script will only run if this variable non-empty.
  23. DELUGED_USER=”deluge”
  24. # Should we run at startup?
  25. RUN_AT_STARTUP=”YES”
  26. ———————————————————————– Continue reading »

KERNEL 4.0 NO DEBIAN, LINUX MINT E UBUNTU – ATUALIZAÇÃO RÁPIDA

 Clusterweb, ClusterWeb, Debian, Desktop, Leitura Recomendada, Linux, Profissional de TI, Programação, Redes, Segurança, Ubuntu  Comentários desativados em KERNEL 4.0 NO DEBIAN, LINUX MINT E UBUNTU – ATUALIZAÇÃO RÁPIDA
abr 192015
 

INTRODUÇÃO

 

Olá, pessoal.

Estou realizando uma nova contribuição na comunidade GNU/Linux, descrevendo de forma rápida, a atualização do kernel do Debian e suas variações (Ubuntu, Linux Mint, Lubuntu etc) para a versão 4.0, lançada em 12/04/2015.

O Kernel Linux 4.0, codinome “Hurr durr eu sou uma ovelha” – não, realmente – traz consigo um conjunto pequeno de novo suporte de hardware, ajustes de performance, correções de bugs e afins.
Continue reading »

UBUNTU/DEBIAN/KALI LINUX E OUTROS NO ANDROID

 Android, Clusterweb, ClusterWeb, Debian, Desktop, Leitura Recomendada, Linux, Profissional de TI, Programação, Ubuntu  Comentários desativados em UBUNTU/DEBIAN/KALI LINUX E OUTROS NO ANDROID
mar 152015
 

INTRODUÇÃO / APLICATIVOS / INSTALAÇÃO

 

INTRODUÇÃO

Vou contar um pouco do que aconteceu para “precisar” usar o GNU/Linux no Android:

Comprei um Google TV (gosto de chamar de “mini PC”), pois vi em vídeos que tinha como fazer ele bootar pelo Linux e usar. Bom, não consegui (não sei se fiz errado ou o que houve). Então, continuei usando o Android, mas com essa vontade de ser “Livre”.

Ok, depois de muitas tentavas, eu achei um jeito que funciona, usando o aplicativo Complete Linux Installer (ou em português: Instalador Completo de Linux).

  • Nota 1: é necessário que seu dispositivo possua root.
  • Nota 2: não me responsabilizo por quaisquer danos ao dispositivo, faça por sua conta e risco…
  • Nota 3: é necessário conexão com a internet, mas penso que 3/4G não funcione, utilize apenas Wi-Fi.

APLICATIVOS REQUERIDOS

Então, para que isso funcione, é necessário instalar três aplicativos em seu dispositivo:

O VNC pode ser qualquer um, mas recomendo esse por ser bem leve e gratuito.

Instale os aplicativos acima para continuar.

Continue reading »

dez 162014
 
O que é um servidor LAMP

LAMP é uma combinação de softwares livres e de código aberto muito utilizado para desenvolvimento WEB.

O acrônimo LAMP refere-se às primeiras letras de:

  • Linux (sistema operacional)
  • Apache (servidor web)
  • MySQL ou MariaDB (software de banco de dados)
  • PHP, Perl ou Python (linguagens de programação)

Componentes principais para viabilizar o desenvolvimento de aplicações web de propósito geral, de alta disponibilidade e de alto desempenho.

A combinação exata do software incluído em um pacote LAMP pode variar, especialmente com respeito ao software de script web, uma vez que Perl ou Python às vezes não são utilizados. Apesar de os autores originais destes programas não os terem desenvolvido para trabalhar especificamente um com o outro, a filosofia e o conjunto de ferramentas de desenvolvimento são compartilhados e foram desenvolvidos em conjunção próxima. Continue reading »

Umask para leigos

 Clusterweb, Leitura Recomendada, Linux, Redes, Segurança, Ubuntu  Comentários desativados em Umask para leigos
jun 082014
 
Introdução

O que é Umask?

Umask pode ser definida como máscara de usuário. Esta função padroniza a criação de diretórios e arquivos, ou seja, quando você criar um novo diretório ou arquivo no Linux, ele herdará da Umask definida no sistema, suas devidas permissões.

A Umask padrão, em quase todas as distribuições do GNU/Linux, é 0022.

Até aí, ok. Ou mais ou menos, afinal, o Linux já definiu esta Umask, meus arquivos são criados com permissões especificas, porém, a grande questão é:

– Como chegamos a este resultado?
– Como o sistema realiza este cálculo?

Antes de tudo, precisamos entender como o Linux trata diretórios e arquivos (é, existe uma diferença).

Para o Linux, a permissão máxima para a criação de um diretório é:

→ 777 (rwx-rwx-rwx)  (111-111-111)

Já para os arquivos, ele assume que a permissão máxima para criação de um novo arquivo, é:

→ 666 (rw-rw-rw-) (110-110-110)

O motivo de o Linux tratar os arquivos diferentemente dos diretórios, é que a permissão de Execução (–x) (001), quando aplicada a um arquivo, o torna executável; sendo assim, o Linux deixa isso por conta do administrador do sistema, para que esta permissão apenas seja aplicada a script, ou programas, ou serviços (daemons).

Já para um diretório, a permissão (–x) (001), representa você poder acessa-lo.

Essa parte é de grande importância para compreensão da Umask, na verdade, para realizar o calculo, já estamos quase lá. 🙂
Continue reading »

DSpace no Ubuntu 12.04 – Instalação via Banco de Dados Oracle 11g

 Banco de Dados, Clusterweb, Leitura Recomendada, Linux, Oracle, Segurança  Comentários desativados em DSpace no Ubuntu 12.04 – Instalação via Banco de Dados Oracle 11g
abr 242014
 
Introdução

DSpace é um repositório digital construído para indexação, preservação e compartilhamento de produções intelectuais em formato digital, tais como: imagens, artigos, teses, dissertações, vídeos e etc, permitindo a disponibilização destes conteúdos na Internet.

O sistema DSpace é utilizado, principalmente, como repositório institucional e desempenha alguns papéis importantes:

  • Facilita o depósito e a gestão dos documentos;
  • Agiliza o acesso aos documentos através de listas e pesquisas;
  • Aumenta a preservação dos documentos ao longo do tempo;
  • Possibilita a publicação rápida de produções científicas;
  • Aumenta a visibilidade da produção cientifica;
  • Centralização das produções científicas em um único local;
  • Facilita a quantificação de quantos downloads foram efetuados para cada uma das produções e quantas vezes foram visualizadas;
  • Possibilita definir um identificador único para cada documento.

Referências: projeto.rcaap.pt – sistema_dspace.html

A instalação foi construída no seguinte cenário:

  • Distribuição/Versão de S.O: Ubuntu 12.04.4 LTS
  • Aplicação/Versão: dspace-4.1-release
  • Banco/Versão: Banco de dados Oracle 11g release (11.2)
Instalação de dependências

1. Atualize a lista de pacotes dos repositórios do Ubuntu Linux:

$ sudo apt-get upadete Continue reading »

Ubuntu 14.04 é disponibilizado para download

 Clusterweb, Linux, Ubuntu  Comentários desativados em Ubuntu 14.04 é disponibilizado para download
abr 172014
 

Seguindo o cronograma de lançamento do Ubuntu 14.04 LTS, a versão final do Ubuntu 14.04 está disponível para download. O Ubuntu 14.04 LTS terá suporte por cinco anos para Ubuntu Desktop, Ubuntu Server, Ubuntu Core, Kubuntu, Edubuntu, Ubuntu e Kylin. Todos os outros sabores serão suportados por três anos.

Ubuntu

Entre as novidades da nova versão estão: possibilidade de reduzir ícones e o lançador do Unity abaixo dos 32 pixels, chegando até 16 pixels; escolher se o menu das aplicações ficará no painel principal do Unity ou na própria janela; colocar o nome de usuário no painel junto ao Menu Principal; ter janelas sem bordas e cantos de janelas com Antialiase; visualizar o redimensionamento de janela em tempo real por padrão; selecionar entre as janelas abertas digitando o nome dela no Dash; e usar uma tela de bloqueio do próprio Unity. Continue reading »

Ubuntu customizado como MacOS X

 Desktop, Leitura Recomendada  Comentários desativados em Ubuntu customizado como MacOS X
out 022013
 
Introdução: minhas intenções

Neste artigo, mostrarei como ter um sistema leve, rápido e fácil como o Ubuntu, com todo estilo do MacOS X.Esse é o meu primeiro tutorial no Viva o Linux, eu tenho prazer em ajudar vocês, mas também, não quero que se aproveitem apenas. Eu migrei do Windows há 3 meses atrás para GNU/Linux, e “já estou um pré-expert na plataforma!”, tanto que já estou criando meu primeiro artigo. Vamos ao meu intuito!

Eu não estou ofendendo o visual padrão do Ubuntu, mas eu quero criar algo diferente que surpreenda a comunidade, quero ser bem criativo, dependendo de como aparecer o visual do MacOS X, fica bonito, e no Ubuntu, muito mais.

O Ubuntu, nas máquinas recentes ele é leve, rápido e seguro, além de ser a distribuição GNU/Linux mais popular da atualidade. Seria um desperdício não aproveitá-lo para deixá-lo mais bonito.

E o meu truque gasta espaço imperceptível na memória do computador. Um sistema bom, simples, mas com estilo, foram com essas intenções que eu publico esse tutorial, espero que seja útil a todos e a todas. Continue reading »